Habitats

Habitats
Habitats do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina.

PNSACV -  vegetação
Vegetação nas arribas litorais.

O Sítio Costa Sudoeste apresenta uma elevada biodiversidade a nível de espécies e um total de 35 habitats naturais, sendo, muitos deles, exclusivos desta área. Trata-se do Sítio com maior número de espécies vegetais prioritárias e maior número de endemismos portugueses e locais. Nele existem nove habitats prioritários (assinalados com *), nomeadamente:

3 Habitats de água doce
31 Águas paradas
3170 [PDF 296 KB] Charcos temporários mediterrânicos *
4 Charnecas e matos das zonas temperadas
4020 [PDF 287 KB] Charnecas húmidas atlânticas temperadas de Erica ciliaris e Erica tetralix *
5 Matos esclerófilos
51 Matos submediterrânicos e temperados
5140 [PDF 255 KB] Formações de Cistus palhinhae em charnecas marítimas * 
9 Florestas
91 Florestas da Europa temperada
91E0 [PDF 368 KB] Florestas aluviais de Alnus glutinosa e Fraxinus excelsior (Alno-PadionAlnion incanae, Salicion albae) * 
 

Destaca-se uma significativa zona marinha, com arribas litorais, praias, dunas, charnecas e zonas húmidas (que incluem estuários, sistemas lagunares, cursos de água, lagoas temporárias, pequenos açudes e uma vasta zona húmida costeira), bem como os habitats das falésias, do planalto costeiro e dos barrancos serranos, pelos valores florísticos que suportam.

Presença da única população marinha de lontra Lutra lutra conhecida em Portugal, ocorrência significativa do rato de Cabrera Microtus cabrerae, local importante para o lagarto-de-água Lacerta schreiberi, troços de água onde ocorre a boga-portuguesa chondrostoma lusitanicum e avifauna notável pela sua abundância relativa e diversidade específica. População marítima de cegonha-branca Ciconia ciconia com ninhos construídos em rochedos litorais.