Você está aqui: Entrada / ÁREAS PROTEGIDAS / Reservas Naturais / Reserva Natural da Serra da Malcata / Geologia | Hidrologia | Clima

Geologia | Hidrologia | Clima

Geologia | Hidrologia | Clima
Geologia, hidrologia e clima da Reserva Natural da Serra da Malcata.


RNSM - rio MFRibeira da Meimoa (® Manuela Fernandes).

Geologia

Segundo a Carta Geológica de Portugal, a área da Reserva Natural da Serra da Malcata assenta sobre um complexo xisto-grauváquico anteordovício e séries metamórficas derivadas, que remontam à Era pré-cambrica e paleozoico indiferenciadas.

Esta faixa xistosa é cortada por dois filões quartzosos paralelos, de orientação nordeste-sudoeste e extensão aproximada de 12 km, que surgem, pontualmente, sob a forma de afloramentos.

Quanto à natureza litológica, a composição das rochas parece ser bastante pobre. Grande parte da Reserva é formada por xistos argilosos muito enrugados. A orientação geral dos xistos é de Noroeste-Sudeste e as camadas são verticais ou inclinadas para sudoeste).

Ao longo das ribeiras da Meimoa, Valdedra e Salgueirinho predominam os grauvaques cinzentos esverdeados claros de grão fino ou médio. Na zona do rio Bazágueda encontram-se ainda grauvaques grosseiros.

Ao longo das ribeiras surgem depósitos de aluviões, na maior parte compostos por cascalheiras, onde são frequentes elementos como quartzo ou quartzito, corneanos, grauvaques e xistos. Estes são de dimensão variada e estão em geral soltos ou envoltos numa matriz grosseira. 

Hidrologia

Foram os principais cursos de água, assim como os seus afluentes, que conferiram a esta área o seu aspeto particular.

As principais linhas de água que aqui se encontram são os rios Coa e Bazágueda e a ribeira da Meimoa. A primeira pertencente à bacia hidrográfica do Douro e delimita a Reserva a norte. A segunda, da bacia hidrográfica do Tejo, nasce no interior da serra correndo de sul para sudoeste. Pertencente à mesma bacia hidrográfica que a anterior, a ribeira da Meimoa nasce igualmente na Reserva, dando origem à albufeira da barragem com o mesmo nome.                                                                

Clima

O clima da serra da Malcata sofre influências de muitas variáveis climatológicas, sendo principalmente condicionado por três elementos fundamentais, nomeadamente a continentalidade, topografia e mediterraneidade. Contudo e de forma geral, pode concluir-se que o clima desta Área Protegida se caracteriza por um verão quente (26-30º C) e um inverno frio (2–3º C).
 
Relativamente à precipitação, esta ocorre sobretudo entre novembro e março, havendo ainda a salientar a influência da albufeira da barragem da Meimoa nas alterações ao microclima, nomeadamente a nível das temperaturas locais e na maior ocorrência de neblinas e nevoeiros nas áreas circundantes. Existem, também, variações climáticas graduais, segundo a direção N-S. Esta evidência acentua-se quando se observa a particular distribuição da vegetação. 

 Topo

Acções do Documento
classificado em: