2019

Análise dos incêndios rurais e prevenção estrutural. Relatórios de incêndios rurais referentes a 2019. Informação sobre áreas ardidas e ocorrências.
  • 8º relatório provisório: 1 de janeiro a 15 outubro

      A base de dados nacional de incêndios rurais regista, no período compreendido entre 1 de janeiro e 16 de outubro de 2019, um total de 10841 incêndios rurais que resultaram em 41622 hectares de área ardida, entre povoamentos (21163 ha), matos (15782 ha) e agricultura (4677 ha).

      Comparando os valores do ano de 2019 com o histórico dos 10 anos anteriores, assinala-se que se registaram menos 46% de incêndios rurais e menos 70% de área ardida relativamente à média anual do período (quadro 1). O ano de 2019 apresenta, até ao dia 15 de outubro, o 2.º valor mais reduzido em número de incêndios, o 2.º valor mais reduzido de área ardida e a 1.ª vez que a redução de área ocorre em dois anos consecutivos, desde 2009.

 

  • 7º relatório provisório: 1 de janeiro a 30 setembro

      A base de dados nacional de incêndios rurais regista, no período compreendido entre 1 de janeiro e 30 de setembro de 2019, um total de 10359 incêndios rurais que resultaram em 41014 hectares de área ardida, entre povoamentos (20700 ha), matos (15777 ha) e agricultura (4537 ha).

      Comparando os valores do ano de 2019 com o histórico dos 10 anos anteriores, assinala-se que se registaram menos 44% de incêndios rurais e menos 62% de área ardida relativamente à média anual do período (quadro 1). O ano de 2019 apresenta, até ao dia 30 de setembro, o 3.º valor mais reduzido em número de incêndios e o 3.º valor mais reduzido de área ardida, desde 2009.

 

  • 6º relatório provisório: 1 de janeiro a 15 setembro

      A base de dados nacional de incêndios rurais regista, no período compreendido entre 1 de janeiro e 15 de setembro de 2019, um total de 10004 incêndios rurais que resultaram em 40807 hectares de área ardida, entre povoamentos (20806 ha), matos (15532 ha) e agricultura (4469 ha).

      Comparando os valores do ano de 2019 com o histórico dos 10 anos anteriores, assinala-se que se registaram menos 41% de incêndios rurais e menos 61% de área ardida relativamente à média anual do período (quadro 1). O ano de 2019 apresenta, até ao dia 15 de setembro, o 3.º valor mais reduzido em número de incêndios e o 3.º valor mais reduzido de área ardida, desde 2009.

 

  • 5º relatório provisório: 1 de janeiro a 31 de agosto

      A base de dados nacional de incêndios rurais regista, no período compreendido entre 1 de janeiro e 31 de agosto de 2019, um total de 8082 incêndios rurais que resultaram em 28552 hectares de área ardida, entre povoamentos (14553 ha), matos (10249 ha) e agricultura (3750 ha).

      Comparando os valores do ano de 2019 com o histórico dos 10 anos anteriores, assinala-se que se registaram menos 46% de incêndios rurais e menos 69% de área ardida relativamente à média anual do período (quadro 1). O ano de 2019 apresenta, até ao dia 31 de agosto, o 2.º valor mais reduzido em número de incêndios e o 2.º valor mais reduzido de área ardida, desde 2009.

 

  • 4º relatório provisório: 1 de janeiro a 15 de agosto

      A base de dados nacional de incêndios rurais regista, no período compreendido entre 1 de janeiro e 15 de agosto de 2019, um total de 7192 incêndios rurais que resultaram em 26198 hectares de área ardida, entre povoamentos (13901 ha), matos (8767 ha) e agricultura (3530 ha).

      Comparando os valores do ano de 2019 com o histórico dos 10 anos anteriores, assinala-se que se registaram menos 43% de incêndios rurais e menos 63% de área ardida relativamente à média anual do período (quadro 1). O ano de 2019 apresenta, até ao dia 15 de agosto, o 2.º valor mais reduzido em número de incêndios e o 2.º valor mais reduzido de área ardida, desde 2009. 

 

A base de dados nacional de incêndios rurais regista, no período compreendido entre 1 de janeiro e 31 de julho de 2019, um total de 6498 incêndios rurais que resultaram em 23913 hectares de área ardida, entre povoamentos (12908 ha), matos (8037 ha) e agricultura (2968 ha).
Comparando os valores do ano de 2019 com o histórico dos 10 anos anteriores, assinala-se que se registaram menos 35% de incêndios rurais e menos 36% de área ardida relativamente à média anual do período (quadro 1). O ano de 2019 apresenta, até ao dia 31 de julho, o 4.º valor mais reduzido em número de incêndios e o 5.º valor mais reduzido de área ardida, desde 2009.

 

A base de dados nacional de incêndios rurais regista, no período compreendido entre 1 de janeiro e 15 de julho de 2019, um total de 5570 incêndios rurais que resultaram em 10178 hectares de área ardida, entre povoamentos (4205 ha), matos (4068 ha) e agricultura (1905 ha). Comparando os valores do ano de 2019 com o histórico dos 10 anos anteriores, assinala-se que se registaram menos 30% de incêndios rurais e menos 53% de área ardida relativamente à média anual do período (quadro 1). O ano de 2019 apresenta, até ao dia 15 de julho, o 3.º valor mais reduzido em número de incêndios e o 5.º valor mais reduzido de área ardida, desde 2009.

 

A base de dados nacional de incêndios rurais regista, no período compreendido entre 1 de janeiro e 30 de junho de 2019, um total de 4957 incêndios rurais que resultaram em 9674 hectares de área ardida, entre povoamentos (4051 ha), matos (3797 ha) e agricultura (1826 ha). Comparando os valores do ano de 2019 com o histórico dos 10 anos anteriores, assinala-se que se registaram menos 25% de incêndios rurais e menos 47% de área ardida relativamente à média anual do período (quadro 1). O ano de 2019 apresenta, até ao dia 30 de junho, o 5.º valor mais reduzido em número de incêndios e o 6.º valor mais elevado de área ardida, desde 2009.

 

 2019-10-16

Acções do Documento