2020

Análise dos incêndios rurais e prevenção estrutural. Relatórios de incêndios rurais referentes a 2020. Informação sobre áreas ardidas e ocorrências.

A base de dados nacional de incêndios rurais regista, no período compreendido entre 1 de janeiro e 15 de setembro de 2020, um total de 8 807 incêndios rurais que resultaram em 66 116 hectares de área ardida, entre povoamentos (33 185 ha), matos (26 171 ha) e agricultura (6 760 ha).
Comparando os valores do ano de 2020 com o histórico dos 10 anos anteriores, assinala-se que se registaram menos 44% de incêndios rurais e menos 35% de área ardida relativamente à média anual do período (quadro 1). O ano de 2020 apresenta, até ao dia 15 de setembro, o 2.º valor mais reduzido em número de incêndios e o 6.º valor mais reduzido de área ardida, desde 2010.

A base de dados nacional de incêndios rurais regista, no período compreendido entre 1 de janeiro e 31 de agosto de 2020, um total de 7207 incêndios rurais que resultaram em 38650 hectares de área ardida, entre povoamentos (17176 ha), matos (15974 ha) e agricultura (5500 ha).
Comparando os valores do ano de 2020 com o histórico dos 10 anos anteriores, assinala-se que se registaram menos 48% de incêndios rurais e menos 57% de área ardida relativamente à média anual do período (quadro 1). O ano de 2020 apresenta, até ao dia 31 de agosto, o valor mais reduzido em número de incêndios e o 4º valor mais reduzido de área ardida, desde 2010.

A base de dados nacional de incêndios rurais regista,no período compreendido entre 1 de janeiro e 15 de agosto de 2020, um total de 6622 incêndios rurais que resultaram em 36343 hectares de área ardida, entre povoamentos (16255 ha), matos (14981 ha) e agricultura (5107 ha).
Comparando os valores do ano de 2020 com o histórico dos 10 anos anteriores, assinala-se que se registaram menos 44% de incêndios rurais e menos 48% de área ardida relativamente à média anual do período (quadro 1). O ano de 2020 apresenta, até ao dia 15 de agosto, o 2º valor mais reduzido em número de incêndios e o 5º valor mais reduzido de área ardida, desde 2010.

A base de dados nacional de incêndios rurais regista, no período compreendido entre 1 de janeiro e 31 de julho de 2020, um total de 5294 incêndios rurais que resultaram em 24 680 hectares de área ardida, entre povoamentos (12013 ha), matos (8247 ha) e agricultura (4420 ha).
Comparando os valores do ano de 2020 com o histórico dos 10 anos anteriores, assinala-se que se registaram menos 43% de incêndios rurais e menos 34% de área ardida relativamente à média anual do período (quadro 1). O ano de 2020 apresenta, até ao dia 31 de julho, o valor mais reduzido em número de incêndios e o 6.º valor mais baixo de área ardida, desde 2010.

A base de dados nacional de incêndios rurais regista, no período compreendido entre 1 de janeiro e 15 de julho de 2020, um total de 3383 incêndios rurais que resultaram em 9482 hectares de área ardida, entre povoamentos (3396 ha), matos (3123 ha) e agricultura (2963 ha).
Comparando os valores do ano de 2020 com o histórico dos 10 anos anteriores, assinala-se que se registaram menos 54% de incêndios rurais e menos 54% de área ardida relativamente à média anual do período (quadro 1). O ano de 2020 apresenta, até ao dia 15 de julho, o 2.º valor mais reduzido em número de incêndios e o 5º valor mais reduzido de área ardida, desde 2010.

A base de dados nacional de incêndios rurais regista, no período compreendido entre 1 de janeiro e 30 de junho de 2020, um total de 2143 incêndios rurais que resultaram em 3936 hectares de área ardida, entre povoamentos (2106 ha), matos (1553 ha) e agricultura (277 ha).
Comparando os valores do ano de 2020 com o histórico dos 10 anos anteriores, assinala-se que se registaram menos 65% de incêndios rurais e menos 77% de área ardida relativamente à média anual do período (quadro 1). O ano de 2020 apresenta, até ao dia 30 de junho, o 2.º valor mais reduzido em número de incêndios e o 3º valor mais reduzido de área ardida, desde 2010.

Acções do Documento