O que é

O que é o CENASEF. Centro Nacional de Sementes Florestais (CENASEF). Localização. Instalações. Atividades. Prestação de serviços. Integração no meio.

CENASEF painel pequeno

O CENASEF é o Centro Nacional de Sementes Florestais (de Portugal) e é único no país. É um serviço do Estado Português que dispõe de uma equipa de colheita de sementes florestais na árvore em pé.
Desempenha um papel fundamental na recolha, processamento e distribuição de sementes florestais em Portugal, sobretudo no que se refere a semente de coníferas.

 

O objetivo do CENASEF é disponibilizar em tempo útil aos viveiros do Estado Português, às e aos viveiristas privados e ao público em geral, sementes de 80 espécies florestais, maioritariamente autóctones, em quantidade e qualidade. Refere-se que a espécie colhida em maior quantidade foi, desde sempre, o pinheiro-bravo (Pinus pinaster) e que esta tendência se tem mantido.

 

Instalações  
Atividades   
Prestação de serviços   
Integração no meio

 

Instalações 

Instalações CENSAF - esterior  CENASEF - exterior
Aspetos do CENASF ao longo dos tempos.

Com início num pequeno edifício com um simples gabinete/laboratório, uma câmara de frio e um pequeno armazém, o CENASEF, após as obras realizadas na década de noventa, viu a sua capacidade reforçada por infraestruturas (um novo edifício) que permitem executar todas as fases de processamento com maior eficiência, desde a receção dos frutos até à comercialização da semente, passando pela limpeza, conservação e análise das sementes.


Abertura das sementes - CENASEF
Sementes após colheita.

A estufa superior do edifício permite, através do aproveitamento da energia solar, proceder à abertura dos frutos das resinosas.

Armazenamento das sementes Maquinaria para obtenção da semente limpa Maquinaria para obtenção da semente limpa
Estufa para abertura dos "frutos" de resinosas e maquinaria que permite a obtenção de semente limpa.

Para o processamento, tanto de resinosas como de folhosas, existe um conjunto de maquinaria que permite a obtenção de semente limpa e pronta a comercializar, após a realização das análises laboratoriais obrigatórias.

Interior da câmara Caixas sementes
Conservação das sementes.
 
Para a conservação das sementes que ficam em stock, existem várias câmaras de frio com diferentes capacidades, e condições de temperatura e humidade diferenciadas, para conservar folhosas e resinosas até ao momento da sua comercialização.
 
O CENASEF foi oficialmente criado em 1990, tendo ficado instalado em Amarante por existir já, nesta cidade nortenha, uma longa tradição de colheita de sementes, que eram utilizadas para distribuir pelos viveiros do Estado ou para efetuar sementeiras diretas nas serras portuguesas. Localiza-se no Parque Florestal de Amarante, na Freguesia de Cepelos, ocupando uma área territorial aproximada de meio hectare. Atualmente está integrado no Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas. 
 

Atividades

As principais atividades do CENASEF desenvolvem-se em torno de 5 etapas fundamentais:

  • colheita de semente, incluindo semente proveniente do programa nacional de melhoramento do pinheiro-bravo (Pinus pinaster);
  • processamento de semente;
  • análise laboratorial / caracterização de lotes de semente;
  • armazenamento de semente; e
  • comercialização de semente.
     

  
Trabalhos no CENASEF. 

  
Escaladores procedendo à apanha de sementes.


O CENASEF tem capacidade para processar, anualmente, 20 toneladas de semente de resinosas e 10 ton. de semente de folhosas.

Prestação de serviços

Além da atividade referida, o CENASEF presta, ainda, serviços de processamento de semente e de caracterização de lotes, para entidades externas que os solicitem.

Como trabalha anualmente com várias toneladas de semente de coníferas, o CENASEF comercializa, também, os resíduos resultantes desse processamento (pinhas), para serem consumidos em caldeiras ou em lareiras domésticas.

 

Integração no meio

O CENASEF colabora quer com a comunidade envolvente quer com diversas entidades de formação profissional de todo o país, recebendo anualmente, em visitas guiadas às instalações, centenas de formandos(as) e formadores(as) de todos os graus de ensino.

Acções do Documento