Você está aqui: Entrada / O ICNF / Perguntas Frequentes / Pragas e Doenças / Xylella fastidiosa

Xylella fastidiosa

Bactéria Xylella fastidiosa
Show or Hide answer 1. O que é?

Xylella fastidiosa é uma bactéria vascular que vive no xilema das plantas, sendo transmitida por insetos vetores.

Show or Hide answer 2. Em que regiões de Portugal existe esta praga? E na Europa?

Em Portugal foi assinalada pela primeira vez a presença da bactéria em janeiro de 2019, no concelho de Vila Nova de Gaia.

A presença da bactéria foi confirmada pela primeira vez na Europa em 2013, no sul de Itália, região de Apúlia, tendo sido identificada e variante X. fastidiosa subsp. pauca como causadora da devastação de uma extensa área de olival e afetando diversas ornamentais.

Show or Hide answer 3. Como é que a praga se dispersa?

O principal meio de dispersão a longas distâncias é o comércio e movimentação de partes de plantas e plantas para plantação, não sendo de desprezar o transporte de insetos vetores infetados em remessas de plantas. A dispersão natural é feita através do voo dos insetos vetores e pelo seu transporte através do vento ou pelas pessoas.

Show or Hide answer 4. Quais as espécies hospedeiras?

A lista das espécies hospedeiras indica cerca de 300, na UE determinou-se que, para já, a lista inclui 160 espécies e 28 géneros. Em Portugal as espécies do género Quercus e Eucalyptus são as hospedeiras com maior impacto económico no setor florestal português.

O anexo da Decisão de Execução (UE) 2015/789 da Comissão de 18 de maio lista ainda como hospedeiros espécies dos géneros Acacia, Acer, Fraxinus, Juglans, Platanus e Salix e ainda as espécies Alnus rhombifolia e Pinus taeda.

Show or Hide answer 5. Quais os sintomas?

Os sintomas mais característicos da presença de X. fastidiosa nas espécies para fins florestais são a descoloração apical pronunciada com um halo vermelho ou amarelo entre tecidos queimados e verdes e as nervuras amarelas nas zonas aparentemente sãs.

Show or Hide answer 6. O que fazer se suspeitar da presença da bactéria?

Em caso de suspeita da presença da bactéria deve contatar de imediato os serviços oficiais:

 

 

Acções do Documento