Você está aqui: Entrada / PESCA / Gestão de Recursos / Repovoamentos Piscícolas / Efeitos

Efeitos

Estudo sobre os efeitos dos repovoamentos na estrutura genética das populações indígenas de truta 'Salmo trutta'.

Do ponto de vista histórico, a truta Salmo trutta tem sido considerado um recurso natural muito importante, cujo declínio tem merecido particular atenção. Nesta perspetiva, em 1999 foi publicado o Relatório sobre a conservação e a gestão dos recursos genéticos da truta a nível europeu. Este documento reflete o esforço conjunto de investigadores europeus, onde é dada particular atenção à necessidade de monitorizar as populações de truta S. trutta no estado selvagem, analisando igualmente o impacto provocado pelos repovoamentos.

A distribuição e fragmentação de habitats naturais têm sido fatores causadores da diminuição das populações de truta. Durante muitos anos, para obviar à redução de efetivos populacionais, foram implementados programas de repovoamento usando peixes provenientes de piscicultura para manter as populações existentes ou até mesmo reintroduzir esta espécie em locais onde se encontrava extinta. Apesar de se perceber que os efeitos destes programas nas populações nativas têm algumas limitações, dados obtidos durante 20 anos indicam que os mesmos podem alterar a comparação genética através de endogamia. De destacar o facto de, nos últimos anos, os cientistas alertarem para a necessidade de acautelar intervenções nesta área, enquanto não se proceder a uma extensa caracterização genética da truta portuguesa.

Neste sentido, o presente estudo pretende avaliar os níveis de introgressão genética de populações cultivadas em cativeiro em populações indígenas. Dos locais selecionados, foram efetuadas recolhas de amostras de peixes durante os últimos 3 anos consecutivos, com o intuito de estabelecer um termo de comparação com os peixes cultivados, já utilizados nos diversos repovoamentos.

O presente trabalho resultou de um protocolo estabelecido entre a então Direcção-Geral dos Recursos Florestais e a Universidade de Trás-os-Montes-e-Alto-Douro.

 

Acções do Documento
classificado em: