Você está aqui: Entrada / PATRIMÓNIO NATURAL / BIODIVERSIDADE / Consulta Pública: Alteração Zona de Proteção Especial do Tejo Internacional, Erges e Ponsul

Consulta Pública: Alteração Zona de Proteção Especial do Tejo Internacional, Erges e Ponsul

Consulta Pública: Alteração Zona de Proteção Especial do Tejo Internacional, Erges e Ponsul

Proposta técnica de alteração dos limites da zona de proteção especial do Tejo Internacional, Erges e Ponsul.

Os limites da atual Zona de Proteção Especial do Tejo Internacional, Erges e Ponsul (ZPE TIEP) refletem a distribuição das espécies que estiveram na origem da sua designação, designadamente das espécies rupícolas que nidificam nas encostas dos vales dos rios Tejo, Erges, Ponsul, Ribeira do Aravil. Para a generalidade dessas espécies rupícolas a atual ZPE dá proteção à maioria dos ninhos atualmente conhecidos.

Posteriormente, no âmbito dos trabalhos de monitorização e conservação da águia-imperial-ibérica desenvolvidos na ZPE TIEP bem como na sua envolvente, constatou-se que a maioria dos ninhos desta espécie usados até ao momento se encontra fora dos limites da atual ZPE. Em resultado desse mesmo acompanhamento, verificou-se que as áreas de alimentação conhecidas nos territórios de nidificação também se localizam fora dos atuais limites. O conhecimento entretanto recolhido mostra que também algumas das espécies rupícolas se alimentam fora da atual ZPE.

Tendo presente a necessidade de garantir os objetivos previstos pela Diretiva Aves no que respeita à designação das áreas mais favoráveis para a manutenção ou o restabelecimento num estado favorável de conservação da águia-imperial-ibérica, assim como de ir ao encontro dos objetivos definidos na “Estratégia de conservação ibérica para a águia-imperial-ibérica Aquila adalbertii” em aprovação, - a qual estabelece as medidas orientadoras para que esta espécie atinga um estado de conservação que permita a sua sobrevivência a longo-prazo, - considerou-se essencial a adaptação dos limites da atual ZPE à distribuição do núcleo de águia-imperial-ibérica do Tejo Internacional.

A águia-imperial-ibérica tem a categoria de ameaça “criticamente em perigo”.

Entre 01 e 30 de Março, a proposta técnica de alteração dos limites da ZPE TIEP encontra-se disponível para consulta pública, devendo os comentários ser enviados para manuela.nunes@icnf.pt.

Acções do Documento