Você está aqui: Entrada / PATRIMÓNIO NATURAL / BIODIVERSIDADE / União Europeia e Âmbito Internacional / Convenção de Combate à Desertificação / Eventos / 2011-09-29 Lisboa: Indicadores de Combate à Desertificação para Portugal

2011-09-29 Lisboa: Indicadores de Combate à Desertificação para Portugal

Comunicações e documentação apresentadas no seminário nacional "Indicadores de Combate à Desertificação para Portugal" - Lisboa - 28 e 29 de setembro de 2011

A 28 e 29 de setembro de 2011, no auditório da ex-Direcção-Geral do Ordenamento do Território e Desenvolvimento Urbano (DGOTDU), em Lisboa, realizou-se o seminário nacional Indicadores de Combate à Desertificação para Portugal: indicadores de Impacto da CNUCD e Resultados do DesertWatch Extensão, com o seguinte Programa  [PDF 76 KB]. 

Aberto a todas e a todos os interessados, o evento foi, prioritariamente, dirigido a membros da Comissão Nacional de Coordenação e das Comissões Regionais de Combate à Desertificação, bem como a representantes das instituições de investigação que desenvolvam actividades no âmbito. Participaram no seminário mais de meia centena de investigadores e técnicos, bem como responsáveis institucionais, de Portugal, Espanha e Itália e em representação da Agência Espacial Europeia - Presenças [PDF 104 KB].
 
 

I - Intervenções

28 setembro

Manhã - Aplicação dos Indicadores de Impacto da Convenção de Combate à Desertificação

9h  - Proposta de Indicadores de Impacto Globais e Nacionais propostos pela CNUCD – Aplicação a Portugal [PDF 2,2 MB] - Ponto Focal Adjunto da CNUCD em Portugal – Lúcio do Rosário

9h30 - Aplicabilidade dos Indicadores de Impacto em Espanha [PDF 2 MB] - Ponto Focal da CNUCD em Espanha - Leopoldo Rojo Serrano

11h - A Comissão Nacional de Ciência e Tecnologia para Combate à Desertificação [PDF 1,3 MB] - Representante da CNCTCD no GT Redação do PANCD – Maria José Roxo

11h30 - 12h30 - Apresentação de pósteres sobre os projetos temáticos finalizados ou em desenvolvimento com participação Portuguesa:

DesertWatch - Extensão:

Land Cover and Indicator of Susceptibility to Desertification in Portugal (2000 and 2009) [PDF 232 KB] e Land Cover and Indicator of Susceptibility to Desertification in Portugal (year of 2009) [PDF 1,2 MB] - DW Ext Grupo;

SADMO e CIDMEG – Desertification Evaluation and Control System for the Western Mediterranean:

Soil Degradation Assessment for SADMO, Left Margin of Guadiana River [PDF 142 KB]

Extreme Climate Events Act as a Main Driving Force for Desertification [PDF 93 KB] e

Construction of a Desertification Susceptibility Index for the Left Margin of the Guadiana River [PDF 464 KB] - CERENA - Instituto Superior Técnico;

PRACTICEPrevention and Restoration Actions to Combat Desertification. An Integrated Assessment [PDF 2,9 MB] - Liga para a Protecção da Natureza – Núcleo de Castro Verde;

DESIRE -A Global Initiative to Combat Desertification – Caracterização Geral do Projecto [PDF 958 KB] e Faixas de Gestão de Combustíveis – Apresentação dos Resultados das Técnicas [PDF 2,3 MB] - Universidade de Aveiro;

FOR CLIMADAPT - Adaptation of Mediterranean Woodlands to Climate Change Effects[PDF 928 KB]
Associação de Defesa do Património de Mértola;

 Ecosystem Structure and Functional Diversity as Early-warning Indicators of Desertification and Land Degradation [PDF 2,4 MB] - CBA da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa;

LUCINDA – Land Care in Desertification – affected Areas: From Science Towards Application [PDF 298 KB] - E-Geo Centro de Estudos de Geografia e Planeamento Regional – UNL / FCSH;

Conhecimento e Reconhecimento em Espaços de Influência Portuguesa: Registos, Expedições Científicas, Saberes Tradicionais e Biodiversidade na África Subsariana e na Insulíndia [PDF 4,2 MB] e
Historical Information on Biodiversity and Traditional Knowledge: Medicinal Plants and Phyto-Therapeutic Practices in Africa [PDF 3,1 MB] - Instituto de Investigação Científica Tropical.

Tarde - Resultados DesertWatch - Extensão

14h30 / 16h - LDI (Carta da Qualidade das Terras de Portugal) [PDF 521 KB] - Gabriel del Barrio – Estação Experimental de Zonas Áridas (EEZA), Almeria

16h30 / 17h30 - Ocupação do Solo [PDF 6,2 MB] - Joel Dinis - Instituto Geográfico Português (IGP)

29 setembro

Manhã - Resultados DesertWatch - Extensão

9h30 - Nova Carta da Susceptibilidade à Desertificação [PDF 5,7 MB] - Amílcar Soares e Maria João Pereira – CERENA, IST

11h30 - 12h30 - Sistema de Informação DesertWatch [PDF 4,5 MB] - António Rocha – DEIMOS Engenharia

Tarde - Síntese de Resultados e Propostas de Desenvolvimento

14h30 - O Sistema Nacional de Indicadores de Ordenamento do Território e a sua articulação com outros sistemas de indicadores [PDF 374 KB] - Vitor Campos - Director-Geral da DGOTDU

15h  - Síntese de resultados do DesertWatch Extensão - Ricardo Armas Gonçalves - Critical Software e Gaetano Pace - ACS

Síntese de resultados do DesertWatch [PDF 3,9 MB] ; Síntese de resultados do DesertWatch [PDF 488 KB]

16h - Desenvolvimentos prospectivos para o DesertWatch [PDF 1,8 MB] - Marc Paganini – ESA - European Space Agency

17h / 17h30 - Encerramento do Seminário - Vitor Campos - Director-Geral da DGOTDU

 

II – Resultados e súmula de conclusões

No Seminário deu-se a conhecer a proposta para a criação da Comissão Nacional de Ciência e Tecnologia para Combate à Desertificação em Portugal, como previsto no PANCD 2011 / 2020, designadamente os seus objectivos, composição e estrutura, questão considerada estratégica e estruturante para os necessários desenvolvimentos temáticos em Portugal.

Apresentaram-se e discutiram-se um grupo de projetos nacionais, europeus e internacionais que tratam de diferentes frentes de intervenção do combate à desertificação e que envolvem múltiplas equipas portuguesas, incluindo centros de investigação, organizações da sociedade civil e empresas. No que se reconhece a multitude de oportunidades e de interesses e o crescente alargar das intervenções e das capacidades da comunidade científica portuguesa para a problemática do combate à desertificação, não só no país, mas também e sobretudo à escala global.

Avaliaram-se os conjuntos de indicadores a aplicar no combate à desertificação em Portugal e Espanha e reconheceram-se as áreas e interesses comuns aos dois países ibéricos, designadamente os que importam às áreas raianas. No que se evidencia no âmbito da Convenção de Combate à Desertificação uma singular e exemplar partilha de preocupações, conhecimento e saberes e de propostas de soluções visando debelar a desertificação à escala ibérica.

Terminada a fase operacional de produção de informação e de sistemas para o seu desenvolvimento sequente pelo DesertWatch Extensão, foram amplamente apresentados e debatidos os indicadores de desertificação desenvolvidos para Portugal, igualmente para o Brasil e Moçambique, com base em imagens satélite, visando-se a obtenção de informação georreferenciada acessível, credível, atualizada, dinâmica e barata para apoio à decisão e comunicação em geral, integrando o suporte ao PANCD, com particular relevo para os derivados do Coberto do Solo (e sua evolução), os que tratam de uma nova abordagem à Suscetibilidade à Desertificação e os que consubstanciam uma Carta de Qualidade das Terras para Portugal, reportando-se qualquer destes produtos ao período 2000 / 2010. Apresentaram-se os sistemas de informação a instalar e o quadro de formação técnica a desenvolver nas instituições que acolhem o DesertWatch em Portugal, em Moçambique e no Brasil.

Foi apresentado o Sistema Nacional de Indicadores de Ordenamento do Território e a sua pretendida articulação com outros sistemas de indicadores, designadamente os do PANCD em debate no seminário, incluindo os do DesertWatch, que a DGOTDU também acolhe.

Finalmente, congratulando-se com os resultados mais uma vez obtidos em Portugal pelo DesertWatch, o representante da ESA deu a conhecer o quadro e o tempo de futuras oportunidades para novos projetos a desenvolver sobre as problemáticas que afectam a Terra e podem ser apercebidas por detecção remota.

Os produtos cartográficos georreferenciados apresentados ficarão disponíveis a breve trecho, para acesso geral e gratuito, na página do PANCD.

Acções do Documento