Você está aqui: Entrada / PATRIMÓNIO NATURAL / BIODIVERSIDADE / Património Natural / Espécies / Aves / Atlas das aves nidificantes em Portugal

Atlas das aves nidificantes em Portugal

Atlas das aves nidificantes em Portugal - período de 1999 a 2005. Diferenças com o Atlas anterior. Publicação.
O Atlas das aves que nidificam em Portugal faz a inventariação das 235 espécies nidificantes, das quais 221 autóctones, e, entre estas, 205 com nidificação regular. Retrata o período de 1999 a 2005.
 
Os atlas das aves que nidificam em Portugal fornecem informação sobre a distribuição num determinado momento das espécies nidificantes em Portugal continental e nas regiões autónomas da Madeira e dos Açores. Nos casos em que é possível, caracterizam também a abundância das populações nacionais dessas espécies.
 
Para além da caracterização da distribuição das espécies, o atlas, enquanto projeto continuado no tempo, permite detetar eventuais mudanças na composição e riqueza específica das comunidades de aves a diferentes escalas espaciais (local, regional, continental), assegurando um meio eficaz para monitorizar alterações no meio. É também fonte de dados considerável para a realização de estudos de ecologia que permitem esclarecer tendências espaciais e criar modelos de predição.
 
Relativamente ao anterior atlas nacional (Rufino, 1989), existem três diferenças principais:
 
– a inclusão das regiões autónomas da Madeira e dos Açores;
– a caracterização espacial da abundância de grande número de espécies; e
– o uso de uma rede cartográfica com maior nível de detalhe (10x10 km).
 
Foram registadas como nidificantes mais 11 espécies autóctones do que no atlas anterior (Rufino, 1989), 5 das quais com nidificação regular. Entre as espécies não autóctones, apenas o bico-de-lacre Estrilda astrild havia sido registado no anterior atlas nacional, pelo que são agora apresentadas mais 13 espécies.
 

O projeto envolveu a participação de cerca de 500 colaboradores voluntários(as), mais de uma dezena de colaboradores(as) profissionais e várias equipas de trabalho na organização. Resulta da parceria fundamental com três outras entidades, nomeadamente a SPEA- Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (associação não governamental que trabalha para a conservação das aves e dos seus habitats em Portugal e que reúne inúmeros associados interessados neste grupo faunístico) o Parque Natural da Madeira (PNM) e a Direção Regional do Ambiente dos Açores (DRA), entidades com competência em matéria de conservação das aves selvagens nas regiões autónomas. 

Projeto financiado pelo Programa Operacional do Ambiente (Projeto n. 1.1/00021). Designação:
Documentos Estruturantes de Conservação da Natureza e da Biodiversidade. 

 

Atlas das aves nidificantes em Portugal

 
Edição:

Vários, ICNB/Assírio & Alvim, 2008, 590p, ISBN 978-972-37-1374-9
Com 590 páginas a cores, inclui cerca de 200 desenhos originais da autoria de alguns dos melhores artistas portugueses de ilustração científica.


Atlas das aves nidificantes em Portugal - capa

Capítulos:
- Introdução: 17-19;
- Metodologia: 19-36;
- Breves notas geográficas: 37-39;
- Biogeografia e uso do território: 41-50;
- Resultados Gerais: 51-55;
- Biogeografia e conservação das Aves nidificantes em Portugal Continental: 57-66;
- Alterações na distribuição da avifauna portuguesa: bosquejo de algumas das grandes tendências
do século XIX ao XXI: 67-83;
- Resultados por espécies: 85-509;
- Espécies autóctones com nidificação irregular;
- Espécies não autóctones com nidificação regular;
- Espécies não autóctones com nidificação irregular;
- Bibliografia: 555-565; e
- Anexos I, II, III e IV

 

Conteúdo relacionado
CEMPA
Acções do Documento
classificado em: , ,