PR Pitões das Júnias

Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG). Percurso pedestre de Pequena Rota de Pitões das Júnias, com sinalização convencional, de caráter natural e cultural. Breve descrição. Pontos de interesse. Mosteiro de Santa Maria de Pitões das Júnias. Prados de lima. Entidade promotora e responsável pela manutenção do percurso. Sítios úteis. Folheto. "Pitões das Júnias Trail - leaflet".
PNPG - aldeia de Pitões das Júnias PNPG - Pitões das Júnias - mosteiro
A aldeia e as ruínas do Mosteiro de Pitões das Júnias.

Na planificação da sua visita deverá ter em consideração as recomendações descritas no Código de Conduta e Boas Práticas [PDF 1,6 MB] das e dos visitantes nas Áreas Protegidas, bem como os conselhos úteis que apresentamos em "Relacionados", à esquerda desta página, para melhor desfrutar da sua visita.

Brochura do Parque Nacional da Peneda-Gerês [PDF 3,3 MB]

Percurso pedestre de Pequena Rota, com sinalização convencional, de caráter natural e cultural.

Folheto [PDF 7,8 MB]
Pitões das Júnias trail leaflet [PDF 1 MB]

Localização: freguesia de Pitões das Júnias, concelho de Montalegre.
Acesso: Anjo – Encruzilhada - Mosteiro de Santa Maria de Pitões das Júnias – Levada de água – Miradouro da Cascata – Pitões das Júnias – Anjo.
Ponto de partida e chegada: Anjo.
Extensão: 3,5 km.
Duração: cerca de 1h:30min.
Dificuldade: média.
Apoios: sinalizado segundo as normas internacionais. Folheto disponível nesta página, no PNPG, na ADERE-PG e nas Portas do PNPG.
 
 

Breve descrição

Permite um contacto privilegiado com a grandiosidade da Serra do Gerês que se vê no horizonte. Possibilita, ainda, conhecer aspetos singulares da arquitetura rural, em particular as originais soluções de apoio à agricultura, como os prados de lima ou as Levadas de água e, no plano histórico e religioso, o singular Mosteiro de Santa Maria das Júnias. Ao longo do percurso, podem-se também observar diversos aspetos da importante fauna e flora do Parque Nacional da Peneda-Gerês.
 
 

Pontos de interesse

Mosteiro de Santa Maria das Júnias
Fundado no séc. XII, este Mosteiro, inicialmente beneditino, aderiu à reforma de Cister. Pobre na origem, foi adquirindo alguns rendimentos na região de Barroso e na Galiza. Da construção original ainda se conservam o Pórtico lateral da Igreja, singelo e de estilo românico, e o lançamento discreto das arcadas do claustro, em ruínas. Nas velhas paredes do Mosteiro habitam agora alguns lagartos, tais como o maior lagarto da fauna portuguesa: o sardão Lacerta lepida.
 
Prados de lima
Dá-se o nome de "prados de lima" aos prados em que a água escorre continuamente por eles, formando uma espécie de lâmina fina. Este tipo de rega permite manter uma temperatura nos prados que impede a formação de gelo no inverno, sendo pois uma estratégia de uso do solo bem adaptada às condições climatéricas. Localmente, diz-se que a água lima estes prados, daí o nome.
 
 

Entidade promotora e responsável pela manutenção do percurso

ICNF - Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG)

Sítios úteis

Acções do Documento